Back to top

#Assédio Judicial

#Assédio Judicial

Uma das estratégias mais comumente utilizadas para silenciar e intimidar defensores/as de direitos humanos é o uso do sistema judicial. O assédio judicial pode incluir acusações criminais e processos civis ou administrativos. Acusações comumente usadas usadas contra defensores/as de direitos humanos variam entre violações as leis sobre o direito de protesto, leis sobre ONGs ou sobre a ordem pública até acusações inteiramente fabricadas de terrorismo, subversão ou crimes contra a segurança do Estado. Muitos/as defensores/as de direitos humanos são condenados a penas de prisão muito longas, que muitas vezes são também destinados a intimidar a comunidade mais ampla de direitos humanos. Mesmo nos casos em que os/as defensores/as de direitos humanos são eventualmente libertados/as, o assédio judicial toma tempo, energia e recursos de seus trabalhos pelos direitos humanos.