Back to top

#Campanha de Difamação

#Campanha de Difamação

Defensores/as de direitos humanos são frequentemente vítimas de campanhas de estigmatização e difamação. Estas são destinadas a atacar sua reputação, credibilidade e apoio dentro da comunidade. Retratar os/as defensores/as de direitos humanos como traidores, terroristas, agentes estrangeiros ou acusá-los de serem extremistas violentos serve para diminuir o apoio ao trabalho que desempenham. A mídia estatal é muitas vezes utilizada como plataformas para estigmatizar DDHs e, em alguns países, defensores/as de direitos humanos são atacados pelas mais altas autoridades políticas. As campanhas de difamação muitas vezes precedem o assédio judicial.