Back to top

#Ativismo Cibernético

#Ativismo Cibernético

O ativismo cibernético é o processo de utilização de técnicas de socialização e de comunicação através da Internet para criar, operar e gerenciar o ativismo de qualquer tipo. Ele permite que qualquer indivíduo ou organização utilize as redes sociais e outras tecnologias online para alcançar e reunir seguidores, difundir mensagens e desenvolver uma causa ou movimento.

Vários/as defensores/as de direitos humanos têm usado suas redes sociais para informar, documentar, escrever sobre ou chamar a atenção para questões de direitos humanos que muitas vezes são ignorados pelos meios de comunicação tradicionais ou censurados pelas autoridades. O uso da Internet desempenha um papel importante ao expor injustiças, divulgar informações que estejam bloqueadas ou sejam de difícil acesso de uma outra maneira, ou para mobilizar o público para agir em questões cruciais. Na era da informação, blogueiros e outros ativistas cibernéticos moldaram novos espaços no movimento de direitos humanos, enquanto a tecnologia permitiu a muitos/as que haviam sido previamente marginalizados que tivessem uma plataforma para que suas vozes fossem ouvidas. 

No entanto, defensores/as de direitos humanos, jornalistas e blogueiros são constantemente detidos e processados por publicar informações sobre direitos humanos em seus websites, blogs ou redes sociais, ou por criticar autoridades ou políticas governamentais, tanto online como offline. Acusações de crime cibernético ou leis sobre difamação são constantemente usadas contra a liberdade de expressão online.